quarta-feira, 18 de abril de 2012

Segurança diz ser pai de filho de Jackson


Britânico afirma que doou esperma para o astro




O britânico Matt Fiddes, que trabalhou como guarda-costas para Michael Jackson, vai entrar com uma ação na Justiça dos EUA para provar que é pai biológico do filho mais novo do cantor, Prince Michael Jackson II - mais conhecido como Blanket -, de 10 anos.

Segundo o jornal "Daily Mail", Fiddes, que é mestre em artes marciais e trabalhou para o astro quando ele esteve no Reino Unido, afirma que ofereceu uma doação de seu esperma a Jackson em 2002, um ano antes do nascimento do menino.

"Vou apresentar meu DNA (às autoridades) e pedir formalmente o acesso a ele à família. Quero os direitos de visita. Michael é seu pai e não quero mudar isso, mas eu quero a criança em minha vida" declarou o segurança, que diz que os familiares do astro se recusaram a falar com ele desde morte do artista, em 2009.

"A única maneira de isso acontecer é através de uma ação judicial. Acho que Blanket é meu, mas eu quero a prova final", completou .

Ainda conforme Fiddes, o próprio Michael Jackson teria confirmado a ele que Blanket é seu filho biológico.

" 'Eu perguntei: Blanket é meu filho?' E ele disse: 'ele é meu filho, Matt, mas usei seu esperma para produzí-lo'", garantiu o britânico.
Fonte: El Universal/ BAND

2 comentários:

  1. SEMPRE TEM UMA ESTÓRIA SEM NOÇÃO, NÉ? KKKK
    POR ISSO QUE A ESTÓRIA AQUI É COM "E" POW!

    ResponderExcluir